31 de outubro de 2016 Como escolher um destino de viagem

Partindo da premissa: “O mundo é muito grande e minhas férias são pequenas”, todo mundo sabe que escolher um destino para a próxima viagem só seria fácil se tivéssemos dinheiros infinitos, vistos fáceis, passagens baratas nas nossas férias e um ótimo clima todos os dias do ano em todos os países. Perfeito! Mas não é assim que acontece.

Pegar um mapa mundi e fazer um  ‘mamãe mandou eu es-co-lher es-se da-qui’ não é a melhor opção da vida a não ser que você seja rico e com tempo de sobra (os dois ao mesmo tempo).

A escolha de um local depende de vários fatores, as vezes vamos para o lugar dos sonhos logo de primeira, as vezes ele precisa esperar um pouquinho, e nesse tempo saímos por aí conhecendo outros lugares, o que não é nada mal.

  • Se você é como boa parte da população que trabalha o ano todo para então tirar de 20 a 30 dias de férias, a primeira coisa é definir essas férias com seus empregadores com antecedência para enviar altos preços e ter algum tempo para planejar;
  • Se você tem tempo e pode viajar em qualquer data, é só escolher a data que mais lhe agrada e seguir para definição da viagem respondendo as perguntas do próximo bloco:
  • Definindo o seu destino de viagem:

    Uma boa ideia!

    Faça uma lista dos locais que gostaria de ir e responda a cada uma dessas perguntas abaixo para todos os lugares, assim vai ficar bem mais fácil decidir a viabilidade da viagem no período que deseja.

    • Precisa de visto?
    • Quanto tempo para ir e quanto tempo para voltar? Quanto tempo terei para curtir o local no total? (Isso você verá definindo o transporte para o local– avião, ônibus, carro, trem e etc)
    • Quanto dinheiro tenho?
    • Qual será meu gasto diário? (Nesse site você pode ver uma média em vários locais, mesmo sem ter reservado nada ainda,clique aqui)
    • Como é o clima nessa época do ano? (um ótimo site para consultar é o weather)
    • Há algum conflito ocorrendo (alguns países estão em constante conflito, o que pode tornar sua viagem um tanto perigosa, ainda mais se for sozinha (o). Sempre verifique essas questões antes da escolha)

    Decidiu? Então segue mais umas ‘diquinhas’ extras do que fazer após decidir o destino J


    • Se a viagem será internacional, já tire o passaporte o quanto antes (nos países do Mercosul não é necessário passaporte, mas documento de identidade (RG) com no máximo 10 anos de emissão – verificar sempre no consulado do país que pretende visitar, pois essas regras mudam a todo momento ok?

    Você pode preencher o formulário do passaporte no site da polícia federal nesses link aqui, imprimir o GRU – boleto – ( se onde você vai fazer o cadastro não tem impressora, lembrar de guardar o número do protocolo que vai aparecer na tela, com ele você pode imprimir o boleto em outro lugar), após o pagamento, aguardar até ficar liberado no sistema da PF e agendar o atendimento.

    • Verificar as opções de hospedagem locais (hotel, hostel,  couchsurfing e etc)

    Uma ótima opção é o Airbnb, em que você alugar desde um quarto até uma casa inteira de um morador local, e as opções são bem atrativas financeiramente. Se você ainda não tem cadastro no Airbnb, cadastre-se no meu link aqui, que aí você vai ganhar um desconto de R$85 na sua reserva.

    Importante: para países em que o visto é obrigatório, é bom que você reserve ao menos as primeiras noites de hospedagem em algum local, mesmo que você prefira uma viagem mais livre. Na maioria das vezes eles pedem na entrada o endereço, e se você for para a ‘salinha’ podem até ligar confirmando sua estadia.

    • Comprar, separar ou emprestar as roupas de acordo com o clima.

    Importante: se for viajar durante o inverno para países muito frios, lembre-se sempre que o inverno deles é bemmmm diferente do nosso, se prepare com segunda pele e um bom casaco, e se preferir leve algum dinheiro para comprar vestimentas mais adequadas quando chegar lá.

    -Faça uma listinha sem compromisso dos pontos que gostaria de conhecer em cada local, não se prenda na necessidade fazer todos, os planos sempre podem mudar na viagem, mas é importante que saiba o que deseja fazer por lá.

    • Escolha como vai carregar seus pertences. Se você está na dúvida entre a mala ou a mochila, confira esse post Mala ou Mochila
    • Ficou alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários

      um beijo, e até a próxima!



Recentes

    Comente

    Seu email não será publicado.



    *

    Explore

    50 reais barato Brasil dicas Foz Jericoacora nacional Porto de Galinhas Rio Ubatuba viagem viagens viajar

    Favoritos dos leitores