25 de agosto de 2016 Mala ou Mochila?
Enquanto uns amam viajar com mochila, outros se adaptam melhor com a mala de rodinhas (aqui estou desconsiderando a velha mala só com alça).

Costumo dizer que a escolha entre uma e outra deve ser mediante o seu perfil de viagem e a localidade. Por exemplo, quando fui para Europa no inverno, na neura de não amassar os casacos, optei por levar a mala de rodinha. Acontece que eu não tinha a minima ideia sobre os trens por lá (na minha visão paulistana de metrô diário, pensei que lá os espaços entre trem e plataforma seriam bem planos) e acabei com a mala quebrada já na metade da viagem e também com alguns hematomas.
A mala quebrou pois os trens tinham escadinhas, e no processo entre descer e subir no trem com a mala pesada, ela acabou se chocando inúmeras vezes  com a escada, com a porta do vagão e também com o chão da plataforma… resultado: alça e rodinhas quebradas. Os hematomas vieram das batidas involuntárias nas partes do trem ao tentar equilibrar a mala escada acima.
Depois do perrengue, não tinha como não me arrepender de deixar a mochila em casa, porém se não fossem os trens, a mala de rodinha seria ótima.

Hoje antes de decidir como levar meus pertences, verifico o local que vou viajar; se haverá necessidade de utilizar transporte público muitas vezes, como é o local hotel/hostel que vou me hospedar (se tem elevador, se o quarto é térreo e etc)… enfim, tudo é uma variável para sua escolha, e não é tão difícil se decidir.
Aqui vai uma tabelinha básica que fiz pensando nisso, e quem sabe já tira sua dúvida 🙂

E aí? já escolheu qual vai levar na próxima trip?



Recentes

    Comente

    Seu email não será publicado.



    *

    Explore

    50 reais barato Brasil dicas Foz Jericoacora nacional Porto de Galinhas Rio Ubatuba viagem viagens viajar

    Favoritos dos leitores