Você está aqui: Início > Viajar > Prainha Branca – o paraíso pertinho de São Paulo Mais posts em Viajar
1 de fevereiro de 2016 Prainha Branca – o paraíso pertinho de São Paulo
Prainha Branca, uma praia quase isolada localizada entre Bertioga e Guarujá, uma opção de praia um tanto desconhecida entre os paulistas e tão pertinho da selva de pedra que vale a pena conhecer se morar em Sampa ou se estiver por perto. Sempre estou por lá quando quero um descanso, as fotos estão diferentes uma das outras porque foram em datas diferentes, só pra provar minha paixão por esse lugar. <3
Explico aqui como chegar a esse paraíso, e também dou dicas do que fazer por lá, tenho certeza que não vai deixar de conferir!

Finalzinho da prainha branca, indo para a praia preta

Chegando de Ônibus: da Rodoviária do Jabaquara em São Paulo saí ônibus de hora em hora para Bertioga. É importante comprar para Bertioga e não Guarujá, pois a praia fica bem no meio das duas cidades e o ônibus com destino a Bertioga para bem nessa fronteira.
Ao descer do onibus terá que caminhar até a balsa nova, é só pegar a direita após descer no ponto final e seguir uns 500 metros. Pegue a balsa (é grátis pra quem vai sem carro) e ao chegar do outro lado deverá andar somente mais 50 metros até ver o portal de entrada para a trilha que leva até a prainha.

Chegando de Carro: É só seguir pela rodovia imigrantes. Não entrar no Guarujá, só entrar quando for a saída para Bertioga e seguir até chegar na balsa. Alí é possível encontrar vários estacionamentos de 30 a 80 reais a diária, os mais em conta são os quintais dos moradores. Não caia na tentação de atravessar a balsa de carro, além de pagar a balsa (a pé é grátis) o estacionamento do outro lado é mais caro.
Atravesse a balsa e 50 metro depois a sua esquerda estará a entrada para a trilha. (somente a pé a partir daí).

Trilha até a prainha branca, a parte fácil


A trilha: Dependendo a sua velocidade, vai levar entre 30 e 50 minutos, são 2 km de caminhada mais ou menos, bem fácil mas um pouco íngreme em alguns pontos. Se fizer a trilha a noite não se esqueça da lanterna, ela é toda sem iluminação.

A comunidade: O pessoal é bem acolhedor e a vibe não poderia ser melhor. São moradores que estão ha muito tempo ali e recebem muito bem os turistas (pelo menos a maioria).

nosso acampamento nada rústico

Hospedagem: O forte lá é camping, quase todas as casas oferecem um quintal com uma estrutura mínima para camping (banheiro e cozinha), você vai pagar entre 20 e 35 reais por pessoa a diária. Quem não gosta de acampar, tem as pousadas, um pouco mais caras, porém confortáveis. Infelizmente sempre tive alguma dificuldade em reservar qualquer lugar pra dormir lá por telefone, sempre chego e procuro um lugar pra ficar. Mas se quiser tentar, encontrei esses telefone na internet (os quais já tentei ligar outrora): Mirante Kontik (13) 3305-6100, Lipe Point (13) 3305-6125, Laricas (13) 3305-6105.

Trilha para a praia do Camburizinho

Trilhas extras: Seguindo pela Prainha Branca, você encontra uma trilha curtinha que te leva até a prainha preta, uma praia linda e quase sempre deserta. De lá pega-se outra trilha, um pouco mais difícil (tem muita argila e escorrega demais), são mais 1200 metro até a praia do Camburizinho.

Cuidados: Não recomendo fazer as trilhas sozinha(o), nunca ocorreu nada comigo mas há várias histórias por lá… sempre fiz com mais alguém e recomendo fazer o mesmo.
Outra coisa,  animais peçonhentos: tem muitas cobras lá, no mês passado encontrei uma perto do tanque no qual eu escovava os dentes, evite ficar descalço quando não estiver na areia da praia.
E lá tem muito, muito pernilongo, não esqueça do repelente (ótima dica para manter seu bom humor na viagem, acredite).

Praia Preta

Dinheiro: A maioria dos lugares para comer aceitam cartão, mas dependendo do camping ou pousada, não (depende também da conexão, as vezes tem maquininha de cartão mas pode não estar funcionando… acontece muito). Dá pra comer gastando entre 12 e 20 reais por refeição (é bem grande, então sempre acabo dividindo com mais alguém), mas se quiser economizar, há cozinha em alguns campings.

trilha para Praia Preta

Importante!!!

É gostoso curtir uma praia não é mesmo? mas lembre-se, você é responsável por seu lixo!
 Fiquei triste no mês passado quando fiz a trilha, encontrei lixo de todos os tipos!

Prainha Branca, linda, não?

Você já conhece a Prainha? teria alguma dica diferente das minhas?
Se não conhece ainda, tá na hora né? tenho certeza que vai gostar tanto quando eu!

Boa Viagem




Recentes

    Comente

    Seu email não será publicado.



    *

    Explore

    50 reais barato Brasil dicas Foz Ilha do Marajó Jericoacora Lugares alternativos nacional Pará Porto de Galinhas Rio Soure Ubatuba viagem viagens viagens alternativas viagens de barco viagens econômicas viajar viajar barato

    Favoritos dos leitores